Saúde orienta profissionais da educação sobre prevenção de doenças respiratórias graves de inverno

22-06-2012 11:29

O secretário-adjunto da Saúde, Acélio Casagrande e o diretor da Vigilância Epidemiológica, Fábio Gaudenzi de Faria, participaram nesta quarta-feira (20), na Fundação Escola do Governo (ENA – DEAP/SEA), em Florianópolis, de uma webconferência sobre doenças respiratórias graves de Inverno. O foco da explanação, direcionada aos gerentes regionais das Secretarias Estaduais de Educação e Saúde, foi a importância dos cuidados simples com a higiene como forma mais eficaz de prevenção das doenças respiratórias graves.

A chamada Etiqueta da Tosse, segundo o médico infectologista Fábio Gaudenzi de Faria, integra o conjunto de medidas de controle capazes de reduzir a circulação dos vírus. “Estratégias de vacinação, afastamento de doentes e tratamento precoce são também fatores que favorecem a redução dos casos de doenças respiratórias graves de Inverno”, afirma Gaudenzi.

No caso das escolas, é recomendado intensificar as regras da Etiqueta da Tosse, higienizar sempre as mãos e os brinquedos utilizados, evitar bebedouros coletivos e o uso de toalhas não-descartáveis, além de orientar que os alunos doentes fiquem em casa. Na opinião do secretário-adjunto Acélio Casagrande, repassar orientações aos professores e alunos é muito importante, pois as escolas são locais que apresentam aglomeração de pessoas, fator que favorece a transmissão de vírus. “O trabalho conjunto da saúde, educação e da população em geral contribui de maneira muito eficaz para diminuir a demanda das unidades de saúde públicas, reduzir o número de internações e até de óbitos por causa de doenças respiratórias, especialmente no Inverno”, observa o secretário.

(Fonte http://portalses.saude.sc.gov.br)